A ARCA - A arte em ser do contra!
 
Menu du jour! Tutu Figurinhas: o nerd mais bonito e inteligente dessas paragens destila seu veneno! GIBI: Histórias em Quadrinhos, Graphics Novels... é, aquelas revistinhas da Mônica, isso mesmo! PIPOCA: Cinema na veia! De Hollywood a Festival de Berlim, com uma parada em Nova Jérsei! RPG: os jogos de interpretação que, na boa, não matam ninguém! ACETATO: Desenhos animados, computação gráfica... É Disney, Miyazaki e muito mais! SOFÁ: É da telinha que eu estou falando! Séries de TV, documentários... e Roberto Marinho não está morto, viu? CARTUCHO: Videogames e jogos de computador e fliperamas e mini-games e... TRECOS: Brinquedos colecionáveis e toda tranqueira relacionada! Tem até chiclete aqui! RADIOLA: música para estapear os tímpanos! Mais informações sobre aqueles que fazem A Arca Dê aquela força para nós d´A Arca ajudando a divulgar o site!
Artigo adicionado em 19/06/2003, às 05:21

BRUCE CAMPBELL
R. Pichuebas se anexou em um email e conseguiu uma entrevista com seu ídolo!!

Por
Julio "R.Pichuebas" Almeida


O irmão mais novo de Mike e Don, Bruce Lorne Campbell, nasceu em 22 de junho de 1958 em Royal Oak, Michigan. Sua infância foi como a de qualquer garoto da época — Perdidos no Espaço, correr fantasiado de Zorro — até que aos oito anos viu o quanto seu pai, Charlie, se divertia atuando nas peças da comunidade teatral local e viu que gostaria muito fazer parte daquilo. Aos 14 anos tornou-se ator na comunidade teatral, até começar a fazer experiências com uma super-8 com seus vizinhos e da colegas de escola, entre eles seu grande amigo Sam Raimi, chegando a produzir mais de 50 filmes até 1975.

O que o torna diferente de vários outros atores na minha opinião é o seu grande interesse pelo o que ocorre atrás das câmeras. Em 1976 Bruce trabalhou como voluntário na Traverse City’s Cherry County Playhouse em Michigan, montando cenários e trabalhando até como office boy, e no ano seguinte, após abandonar a oficina de atores na Western Michigan University porque o curso estava se tornando muito “fresco”, em uma produtora de comerciais de Detroit como Assistente de Produção executando tarefas que iam desde carregar as câmeras até varrer o estúdio. Com esses dois bicos, Bruce aprendeu muito sobre o lado técnico da produção de um filme e, em 1979 com Sam Raimi e Rob Tapert, decidiu que viraria um profissional da indústria do cinema. Após arrecadar uma soma de 350 mil dólares através um festival de filmes de terror e pelo curta Within The Woods, que funcionou perfeitamente para atrair possíveis investidores, Bruce & Cia filmaram Uma Noite Alucinante: A Morte do Demônio (Evil Dead) que foi “o filme de terror mais ferozmente original do ano” segundo o mestre do suspense Stephen King e um dos meu filmes favoritos. ^_^

A carreira de Bruce foi crescendo a partir daí, tornando-se o maior e mais querido ator B que já surgiu na face da Terra. Em seu currículo estão participações especiais em filmes como Fuga de LA e o Homem-Aranha e em séries como a fudidíssima Homicide: Life on the Street e Arquivo X, além de dirigir episódios das séries Hércules e Xena (produções de Sam Raimi) e participar como Autolycus, O Rei dos Ladrões. Bruce Campbell poderá ser visto nas telonas na continuação de Homem-Aranha, que estreará em 2004.

E mais: Bruce Campbell é um pusta cara legal que conseguiu subir ainda mais no meu conceito. Quando tive a idéia de entrevistá-lo para pr’A ARCA, meio que duvidei que ele fosse conseguir tempo para responder o meu email. E não é que o cara respondeu minhas perguntas numa boa num curto espaço de tempo? Com vocês, Bruce Campbell em um rápido bate-papo exclusivo pr’A ARCA.

A ARCA – Seus personagens sempre foram “caras durões” como Ash (Uma Noite Alucinante), Gordon Moore (Divórcio de Milhões) e até mesmo Elvis (Bubba Ho-tep). Quando que veremos o lado mais “emotivo” de Bruce Campbell?
Bruce Campbell – Essa é fácil — dê uma olhada no remake de Se Meu Fusca Falasse e no episódio de Arquivo X (Nota de R. Pichuebas: O episódio em questão é Laços de Ternura, da 6ª Temporada) em que eu participei. Não esqueça dos lencinhos de papel!

A Arca – A McFarlane Toys produziu uma action figure do Ash, seu personagem na série Uma Noite Alucinante, na sua linha Movie Maniacs. Como foi a sensação de ver o seu rosto eternizado como um brinquedo?
Campbell – As action figures embora sejam bastante legais não fazem parte do meu mundo, então elas não afetam a minha vida. Elas são baseadas em um personagem que eu fiz e é sempre oito ou oitenta quanto à semelhança.

A Arca – Você e Sam Raimi são amigos de infância. Como que foi a sensação de voltar a ser dirigido por ele em Homem-Aranha?
Campbell – Foi divertido como sempre. Eu acabei de terminar a minha participação em Homem-Aranha II e Sam está em seu habitat natural, acertando sempre na mosca.

A Arca – Em Homem-Aranha você fez uma pequena — mas importante, afinal foi você que criou o nome do Homem-Aranha no filme — participação. Você terá um papel maior em Homem-Aranha II? E o que foi todo aquele papo sobre você participar como Curt Connors/O Lagarto?
Campbell – Desculpa, mas eu não posso te contar… =) (Nota de R. Pichuebas: Droga! Mas o que é isso? ;))

A Arca – Seu trabalho em convenções é realmente maravilhoso. Gostaria de dizer alguma coisa sobre a sua relação com os seu fãs?
Campbell – Eu poderia escrever um livro sobre as histórias, e eu — Opa! Peraí! — Eu escrevi um livro sobre isso! Confiram If Chins Could Kill: Confessions of a B Movie Actor.

A Arca – Voce viria para o Brasil para participar de alguma de nossas convenções?
Campbell – Adoraria viajar mais para outros países, mas é uma questão de falta de tempo — Tenho que ficar menos ocupado nos EUA primeiro!

A Arca – Quem ganharia em uma batalha de queixos: Você ou Jay Leno?
Campbell – Jay. Ele vem se “exercitando” a mais tempo.

A Arca – Existe um personagem que você sempre quis fazer? Aquele que você ainda está esperando?
Campbell – Não, eu nunca espero por nada. Como um ator meu trabalho é o de fazer com que o meu personagem seja o melhor que eu já tenha feito.

A Arca – Você tem seus filhos, uma action figure, seu próprio jogo de videogame e uma legião de fãs. Qual é o próximo passo para Bruce Campbell?
Campbell – Outro livro — Make Love the Bruce Campbell Way. Uma paródia sobre relaciomentos.

A Arca – E agora? Qual será o seu próximo trabalho?
Campbell – Ei, olha só: eu tenho um site! Dê um clique para ver todos os detalhes em Bruce Campbell Online.

A Arca – Muito obrigado pela entrevista.
Campbell – É isso aí. Continuem espertos!

:: A ARCA, Eu Te Amo.
:: Review ::: DVD + CD ::: USED & ABUSED - IN LIVE WE TRUST (In Flames) - sem inagens
:: Review ::: DVD ::: THE ARSENAL OF MEGADETH (Megadeth) - sem imagens
:: Review ::: DVD ::: R30 - 30TH ANNIVERSARY WORLD TOUR (Rush) - sem imagens
:: RUNAWAY BRAIN: o curta-metragem esquecido do Mickey Mouse
:: CINE PARADISO NA VIDA REAL
:: Review ::: Show ::: EDGUY (Credicard Hall - São Paulo/SP - 03/11/2006)
:: Review ::: Show ::: LIVE 'N' LOUDER ROCK FEST (Anhembi - São Paulo/SP - 14/11/2006)
:: Review ::: CD ::: A TWIST IN THE MYTH (Blind Guardian)
:: Review ::: CD ::: WOLFMOTHER (Wolfmother)
>> Mais materias AQUI!

Quem Somos | Ajude a Divulgar A ARCA!
A ARCA © 2001 - 2007 | 2014